Outras linhas de pesquisas

1- Modelos de cuidados em Gerontologia (MCG)

Pesquisas sendo realizadas nessa linha:

Desenvolvimento e Avaliação de Estratégias de Cuidado aos Adultos Mais
Velhos em Risco de Fragilização

Coordenador: Dr. Euler Esteves Ribeiro

A FUnATI/UEA oferece cuidados primários a todos os seus alunos, que são adultos mais velhos, por meio do seu Núcleo de Orientação Gerontológica (NOG), uma unidade prestadora de serviços de saúde integrada ao ensino e à pesquisa. E reconhece a importância de desenhar a prestação de serviços de saúde considerando as necessidades específicas dessa população, cuja saúde é caracterizada pela presença de múltiplas condições clínicas, poli-incapacidades, polifarmácia e propedêutica complementar extensa. Para prover um nível adequado de cuidado e apoio à população atendida são necessárias competências e tecnologias ainda não presentes no NOG, o que constitui uma barreira para a implementação de serviços efetivos. Existem muitas tecnologias e programas que demonstraram evidência de serem efetivos no cuidado de adultos mais velhos e que poderiam estar sendo translacionados para as práticas do NOG, melhorando a qualidade de vida dos usuários e impactando positivamente a saúde pública.

Validação de modelo terapêutico grupal com o uso de aplicativo eletrônico para
autogestão do cuidado por idosos com obesidade

Coordenadora: Dra. Maíra Mendes dos Santos

O estudo visa validar o modelo terapêutico grupal com o uso de aplicativo eletrônico para o aumento da autogestão do cuidado por idosos com obesidade. Serão realizados ensaios clínicos randomizados, com seguimento de 1,3 e 6 meses após intervenção, com 180 idosos com obesidade, atendidos pela Policlínica Gerontológica. Após triagem, os idosos serão distribuídos randomicamente para 1) grupo controle de atendimento psicológico individual; 2) grupo terapêutico em Terapia Cognitivo-Comportamental apenas, e 3) grupo terapêutico em Terapia Cognitivo-Comportamental com a utilização de aplicativo, que será desenvolvido especialmente para esse estudo. Para validar o modelo terapêutico com uso de aplicativo, o estudo contemplará as fases de teste-piloto, readequação do modelo, reaplicação do modelo, avaliação dos resultados e aplicação final do modelo. A Avaliação do modelo será realizada por 1) grupo focal com a
equipe de pesquisadores, com os seguintes indicadores: facilidade no manuseio do aplicativo, capacidade de adoção do modelo pela Instituição e adesão dos participantes ao modelo terapêutico proposto, e 2) Aplicação do Patient Assessment of Chronic Illness Care (PACIC) (Landim, 2012): avalia a qualidade do cuidado na perspectiva da pessoa com condição crônica. As estatísticas descritivas serão calculadas com nível de significância p<0,95 para todas as variáveis relevantes, por análise de frequências, cálculos de média e desvios-padrão. Associações dos fatores associados à ativação do paciente serão determinadas através de modelos de regressão, adaptadas de acordo com cada objetivo do estudo.

Biogenômica do Desenvolvimento e Envelhecimento

Coordenadora: Dra. Ivana Beatrice Mânica da Cruz

Um conjunto consistente de evidências sugere que o binômio oxidação-inflamação está presente na etiologia de muitas doenças crônicas não-transmissíveis bem como no processo de envelhecimento biológico. Portanto, investigações sobre interações genético-ambientais sobre o metabolismo oxidativo e inflamatório são de grande interesse e potencial impacto clínico e epidemiológico. Deste modo o grupo de pesquisa dedica grande parte das suas atividades na investigação de marcadores oxidativos-inflamatórios (novos marcadores e efeitos genéticos associados) e o impacto da nutrigenética e farmacogenética na modulação destes marcadores. A abordagem dos estudos desenvolvidos inclui desde investigações in vivo (transversais, prospectivas observacionais e de intervenção) até investigações in vitro realizadas em cultura de linfócitos, de linhagens neoplásicas e células-tronco em diferenciação neural. Atualmente o grupo possui interação com universidades internacionais com destaque a Universidade de Leon (Espanha) e da Universidade Nacional da Austrália. Pesquisadores do grupo são orientadores de programas de pós-graduação em nível de mestrado e doutorado destacando o PPG em Bioquímica Toxicológica (UFSM), PPG em Farmacologia (UFSM), PPG em Gerontologia Biomédica (PUCRS)e PPG em Patologia (UFCSPA). Mais de 10 prêmios em eventos científicos (regionais, nacionais e internacionais) foram obtidos por pesquisadores e/ou estudantes do grupo de pesquisa.